Na Amazônia, 20% das bacias sofrem alto impacto de atividades humanas


Folha de S.Paulo, Phillippe Watanabe in 05/05/2022
Amazon
Environment
Trade
National

Pelo menos 20% das microbacias da Amazônia sofrem alto impacto de atividades ou infraestruturas que ocorrem ao seu redor, como hidrelétricas —principal agente de pressão—, mineração e garimpo ilegal, estradas e agropecuária.

Essa é a conclusão de um novo índice, o IIAA (Índice de Impacto nas Águas da Amazônia), criado pela Ambiental Media, com apoio do Instituto Serrapilheira e participação de pesquisadores.

O índice faz parte do projeto Aquazônia, lançado em 05/05. O IIAA vai de 0, que significa impacto muito baixo, até mais de 5, para classificação de impacto extremo.


Content may require login or subscription