Guia para Agricultura Familiar – Crédito Público para o Cacau


Mais de 10 linhas de créditos diferentes oferecem até R$ 400 mil em financiamentos para o pequeno produtor de cacau no Brasil através do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), iniciativa do governo federal em vigor há mais de 25 anos. Com taxas de juros que variam entre 0,5% a 4,5% ao ano, o programa é um importante instrumento de fomento da produção agrícola familiar.

No entanto, muitos produtores deixam de obter o benefício por conta da complexidade da operação. “Percebemos que muitas vezes o pequeno produtor de cacau tem a sua produção limitada pela falta de recursos. Um dos grandes entraves é a falta de informação sobre o acesso ao crédito rural”, aponta a economista Grazielle Cardoso, analista sênior do programa Desenvolvimento Territorial do Sul da Bahia do Instituto Arapyaú.

Para facilitar o entendimento sobre esse processo, o Instituto Arapyaú se uniu à Fundação Solidaridad e desenvolveu o Guia para Agricultura Familiar – Crédito Público para o Cacau.


This content can be viewed freely